Estrutura

Integralização:

O curso de Mestrado em Linguística deverá ser integralizado no prazo mínimo de 12 meses e no máximo de 30 meses. O curso de Doutorado em Linguística deverá ser integralizado no prazo mínimo de 24 meses e no máximo de 54 meses. No caso de Bolsistas, os prazos máximos sofrerão redução de acordo com os compromissos assumidos junto às agências fomentadoras (CAPES, CNPq, FAPESP etc.)

MESTRADO EM LINGUÍSTICA

As atividades do curso de Mestrado em Linguística acham-se divididas em dois componentes curriculares, além da dissertação: um componente específico e um complementar.
1. O componente específico, deverá ser realizado com uma carga mínima de duas disciplinas  relacionadas à área de Pesquisa do Programa na qual o aluno fará sua dissertação.
2. O componente complementar, deverá ser realizado com uma carga mínima de três disciplinas, indicadas pelo orientador. Os créditos do componente complementar não podem ser obtidos em disciplinas da mesma área ou sub-área de pesquisa em que será desenvolvida a Dissertação. Uma das disciplinas deste componente pode ser cursada em outros programas de Pós-graduação, com a autorização do coordenador do curso e do seu orientador, levando em conta a relevância dessa disciplina para a dissertação. Também deverá ser necessariamente levada em conta a reconhecida competência, no que tange à pesquisa e produção na área ou sub-área em questão, da instituição ou programa em que a disciplina será cursada.

Requisitos para Obtenção do Título de Mestre

Para obter o grau de Mestre, o aluno admitido regularmente para o Mestrado em Linguística deve cumprir o total de créditos exigidos e satisfazer os seguintes requisitos:
1. Demonstrar conhecimento para leitura em língua inglesa ou francesa
2. Completar os créditos em disciplinas do componente específico
3. Completar os créditos em disciplinas do componente complementar
4. Ser aprovado no Exame de Qualificação
5. Ter aprovada sua Dissertação de Mestrado.

Orientação e Dissertação de Mestrado

O aluno escolherá um orientador de Dissertação e, sob sua supervisão, elaborará uma Dissertação sobre tema situado no âmbito da área de pesquisa em que cumpriu os créditos do componente específico.

Exame de Qualificação

Após ter completado pelo menos um semestre de estudo e ter apresentado plano de dissertação, o candidato deverá submeter-se a exame de qualificação que versará sobre o projeto de dissertação e será avaliado por uma Comissão Examinadora constituída de (3) três membros, sendo um deles o seu orientador.

Defesa de Dissertação

O candidato deverá defender a sua dissertação perante comissão examinadora, de conformidade com o Regimento Geral dos Cursos de Pós-Graduação da Unicamp.

 

DOUTORADO EM LINGUÍSTICA

O curso de Doutorado em Linguística direciona os estudos para a especialização mais avançada. Por essa razão, os alunos devem escolher os créditos em disciplinas de acordo com os interesses de sua formação e da pesquisa que fazem para a tese.

Requisitos para Obtenção do Título de Doutor

Para obtenção do título de Doutor em Linguística, o aluno deverá cumprir o total de créditos e satisfazer os seguintes requisitos:
1. Cumprir, obrigatoriamente, após o ingresso no curso, um mínimo de 4 disciplinas, sendo que só uma delas poderá ser em Seminário Temático e nenhuma delas em LL406 - Leitura Individual Orientada. Uma dessas disciplinas poderá ser cursada em outros programas de Pós-graduação, com a autorização do coordenador do curso e do seu orientador, levando em conta a relevância dessa disciplina para a tese. Também deverá ser necessariamente levada em conta a reconhecida competência, no que tange à pesquisa e produção na área em questão, da instituição ou programa em que a disciplina será cursada.
2. Ser aprovado nos Exames de Qualificação;
3. Demonstrar conhecimento para a leitura em duas línguas estrangeiras, sendo uma delas obrigatoriamente língua inglesa;
4. Ter aprovada sua Tese de Doutorado.

Orientação e Tese de Doutorado

O aluno escolherá um orientador de Tese e, sob sua supervisão, elaborará um Plano de Estudos com a indicação das disciplinas que deverá cursar, desenvolverá seu Projeto de Pesquisa e elaborará sua Tese de Doutorado.

Exame de Qualificação

O Exame de Qualificação para o Doutorado é feito em duas modalidades:
a) O Exame de Qualificação Geral (ou Qualificação de Área), realizado em outra área ou sub-área que não a da tese, escolhida em comum acordo entre aluno e orientador.
b) O Exame de Qualificação de Tese, que versará sobre o conteúdo de sua tese.
O exame de qualificação geral, realizado sob a supervisão de um professor da área escolhida, consistirá na elaboração e publicação de um texto com características de artigo publicável em revista de relevo.

Para a realização da Qualificação Geral, o doutorando deverá:
     - Definir uma das sub-áreas compreendidas nas 05 grandes áreas de pesquisa do PPGL, necessariamente distinta daquela em que desenvolve a sua tese;
     - Escolher um docente integrante da sub-área em que pretende fazer a qualificação, e apresentar a este, em prazo acordado, o texto a ser qualificado.

Após manifestação de aprovação do texto, o docente escolhido da área deverá indicar os membros da banca de qualificação. A banca de qualificação é constituída por um presidente, necessariamente, o docente escolhido da área, e por dois outros docentes doutores, que podem ser integrantes do PGLL ou externos ao programa. Os dois membros da banca deverão comunicar sua avaliação ao presidente da banca (através de parecer sobre o trabalho).
Cabe ao doutorando informar ao PPGL a data da qualificação, o título do texto a ser qualificado, a composição da banca, bem como encaminhar cópias do texto aos membros da banca.
Caso o doutorando deseje fazer sua Qualificação Geral fora do PPGL, é necessário que ele:
- Solicite, por escrito, uma autorização ao PPGL, indicando a área, a instituição e os membros da banca, e anexe uma carta do orientador, em que conste uma justificativa desta escolha.
O texto produzido será avaliado por uma comissão constituída pelo orientador e mais dois docentes qualificados, que se encarregará de emitir um parecer circunstanciado sobre o trabalho.
O texto deverá ser analisado, julgado e aprovado pela comissão no prazo improrrogável de no mínimo seis meses antes da data prevista para a defesa da Tese.

O Exame de Qualificação de Tese será feito perante uma Comissão de três professores sendo um, necessariamente, o orientador do aluno.

Defesa de Tese

O candidato deverá defender a sua Tese perante uma Comissão Examinadora, de conformidade com as normas do Regimento Geral dos Cursos de Pós-Graduação da Unicamp.

Capacitação em Língua Estrangeira

É exigência à admissão nos cursos de Mestrado e Doutorado a apreciação em exame de compreensão de leitura em inglês ou francês, conforme a opção do candidato.
Os alunos do Doutorado deverão, durante o curso, provar capacitação em uma segunda língua estrangeira. Para satisfação do requisito de capacitação em línguas estrangeiras, não será aceita a língua espanhola, cujo conhecimento para leitura de obras técnicas se pressupõe em todo candidato falante de português.

Capacitação em Português

Alunos estrangeiros, não falantes nativos de português, deverão demonstrar capacitação em português escrito e oral, submetendo-se a uma avaliação durante o processo de seleção.

Passagem direta para o Doutorado dos alunos de Mestrado em Linguística

Resolução SCPG-LL 003/05

. Endereço
R. Sérgio Buarque de Holanda, 571
Bloco VII - Sala C.2.01
Campinas - SP - Brasil
CEP 13083-859
. Contato
cpgiel@iel.unicamp.br
Tel: +55 (19) 3521-1506
Fax: +55 (19) 3521-1968
Horário de atendimento
Segunda a sexta
das 8:30h. às 17:30h.
  • Linguística - Processo Seletivo
. Rua Sérgio Buarque de Holanda, no 571
Campinas - SP - Brasil
CEP 13083-859
Telefone: 55-19-3521.1502

...