Programa

DESCRIÇÃO

A Pós-graduação em Teoria e História Literária objetiva promover a formação de pesquisadores, dinamizando a crítica e a investigação conexas à literatura.
Dessas metas prioritárias resulta, como decorrência, a efetiva capacitação de docentes para o ensino de terceiro grau, que devem aliar à capacidade docente o necessário espírito de pesquisa.

AVALIAÇÃO E RECONHECIMENTO

Os cursos de Mestrado e Doutorado em Teoria e História Literária receberam nota 7 na avaliação da CAPES referente ao triênio 2010/2012, e foram reconhecidos pela Portaria MEC 524, de 29/04/2008.
 
Integralização: 

O curso de Mestrado em Teoria e História Literária deverá ser integralizado no prazo mínimo de 12 meses e no máximo de 36 meses. O curso de Doutorado em Teoria e História Literária deverá ser integralizado no prazo mínimo de 24 meses e no máximo de 54 meses. No caso de bolsistas, os prazos máximos sofrerão redução de acordo com os compromissos assumidos junto às agências fomentadoras (CAPES, CNPq, FAPESP). 

Áreas de Concentração e Linhas de Pesquisa 

Área: Teoria e Crítica Literárias 

Linhas: 
- Estudos Comparados e interdisciplinares de literatura: A presente linha de pesquisa abarca as relações entre teoria literária e outras áreas de conhecimento, como a filosofia, sociologia e antropologia. Também lida com novos objetos da teoria literária como o cinema, a canção, os quadrinhos etc. 
- Estudos teóricos e críticos de literatura: A presente linha de pesquisa volta-se para as correntes e movimentos da teoria literária da contemporaneidade. 

Área: História e Historiografia Literárias 

Linhas: 
- História da literatura e das poéticas até o séc. XVIII: A presente linha de pesquisa tem por objeto obras literárias e póeticas escritas até o séc. XVIII, incluindo as vernáculas. 
- História e poéticas da modernidade: A presente linha de pesquisa engloba as obras literárias do século XX, seja no Brasil, Europa ou nas Américas. 
- O Romantismo e seus desdobramentos: A presente linha de pesquisa investiga o surgimento, consolidação e influências do romantismo, tanto na Europa quanto nas Américas. 

_ MESTRADO EM TEORIA E HISTÓRIA LITERÁRIA 

As atividades do curso de Mestrado estão divididas em dois componentes básicos, além da Dissertação: 
I) Componente Comum - no qual o aluno deverá obter minimamente 24 créditos em disciplinas. 
II) Componente Específico - no qual o aluno deverá obter no mínimo 16 créditos em disciplinas relacionadas à linha de pesquisa de sua Dissertação. 
No Componente Comum, composto pelas várias disciplinas de sigla LT pertinentes às áreas de pesquisa fundamentais nos estudos literários, o aluno poderá escolher, sempre com aprovação do orientador, aquelas disciplinas de maior interesse para sua formação e trabalho de Dissertação. 
No Componente Específico, o aluno deverá escolher, sempre com aprovação do orientador, as disciplinas da série LT-Seminários de Orientação em..., de acordo com a linha de pesquisa de seu projeto. 
Nenhuma disciplina tem pré-requisito ou requisitos paralelos. Não há, além disso, nenhuma seqüência ou seriação obrigatória por área, modalidade ou domínio. O programa e bibliografia das disciplinas serão fornecidos pelo professor. 
Poderão ser cursadas, sempre a critério do orientador, e convalidadas, a critério da SCPG-THL, disciplinas de outros programas de Pós-graduação do IEL, externos ao IEL ou externos à Unicamp, desde que não ultrapassem o limite de 1/3 (um terço) do total de créditos do curso (i.e. dos créditos do componente comum somados aos do componente específico). Só serão convalidadas disciplinas cursadas após a matrícula no programa. 

Normas Específicas 

São as seguintes as normas específicas do curso de Mestrado em Teoria e História Literária: 

Admissão 

São admissíveis como alunos regulares candidatos que satisfaçam os seguintes requisitos: 
1. Ser graduado em curso superior; 
2. Conhecer pelo menos duas línguas estrangeiras relevantes para a bibliografia da área dentre as seguintes: Inglês, Francês, Alemão, Italiano e Espanhol; 
3. Dispor de tempo necessário para dedicar-se aos estudos e à redação da Dissertação; 
4. Ser aprovado em seleção feita pelo Departamento e coordenada pela SCPG-THL; 
A inscrição para o processo de seleção é feita mediante o preenchimento de formulário apropriado, que deve ser obtido através da internet: www.iel.unicamp.br. Também podem inscrever-se candidatos que se graduarão até 31 de dezembro, do mesmo ano, os quais deverão comprovar a conclusão de sua graduação no momento da matrícula. 

Seleção 

O candidato deverá encaminhar um projeto de pesquisa de, no máximo, 10 páginas (incluindo a bibliografia) e indicar sua relação com um, ou mais de um, dos tópicos de pesquisa do corpo docente do programa ou com um dos projetos desenvolvidos pelos docentes. O sentido geral da avaliação dos candidatos ao Mestrado será julgar a capacidade de formular questões relativas à literatura e/ou de refletir sobre uma questão ou objeto literário, dentre as áreas cobertas pelo programa. 
Período de Inscrição e etapas: será publicado, anualmente pela SCPG-THL, calendário detalhado das etapas do processo seletivo. 
 
Capacitação em Língua Estrangeira 

O candidato deverá demonstrar capacitação em duas línguas estrangeiras, submetendo-se a provas de proficiência. 

Requisitos para Obtenção do Título de Mestre 

Créditos 

O aluno deve completar, após seu ingresso no Mestrado, no mínimo 40 créditos em atividades, dos quais pelo menos: 
- 24 créditos em disciplinas do Componente Comum (03 disciplinas); 
- 16 créditos em disciplinas do Componente Específico (02 disciplinas); 
Ser aprovado em exame de qualificação para o Mestrado; 
Ter aprovada sua dissertação de Mestrado. 
Todas as demais exigências e mecanismos de funcionamento do Mestrado serão regidos pelo Regimento Geral dos cursos de Pós-Graduação da Unicamp e pelo Regulamento do curso de Pós-Graduação em Teoria e História Literária do IEL. 

Orientação 

Todo aluno regular de Mestrado terá um orientador de Dissertação, por ocasião de sua primeira matrícula, pertencente ao quadro docente do Departamento de Teoria Literária. O orientador deverá manifestar-se, quanto à aceitação do orientando, em documento próprio. Em caso de mudança do orientador (provisória ou definitiva), deverá haver a devida comunicação formal e imediata à SCPG-THL, tanto do desligamento quanto da nova indicação. Não será permitida a permanência no programa de alunos sem orientador. 
Cabe ao orientador, em comum acordo com o aluno, definir o tema e orientar a elaboração da Dissertação. 
Cabe ao orientando cumprir todas as tarefas escolares e de pesquisa que lhe forem exigidas pelo orientador. A critério deste último, também o orientando deverá realizar quaisquer atividades complementares necessárias à sua boa formação, como cursos (independentemente de créditos), colóquios, seminários etc. Sempre que solicitado pelo orientador, o aluno deverá comparecer imediatamente ao IEL/Unicamp. 

Exame de Qualificação 

O Exame de Qualificação consistirá na avaliação de uma versão parcial ou total do trabalho em andamento. 
Para sua efetivação, será composta uma banca de três (3) membros, sendo um deles o orientador de Dissertação do candidato. Ele deverá realizar-se depois da integralização dos créditos do Componente Comum e no mínimo 3 meses antes da data prevista para a defesa da Dissertação. 

Defesa da Dissertação 

O candidato deverá defender sua Dissertação em sessão pública, perante comissão julgadora, em conformidade com as normas gerais que regem os cursos de Pós-Graduação da Unicamp e pelo Regulamento do curso de Pós-graduação em Teoria e História Literária IEL. 
 
_ DOUTORADO EM TEORIA E HISTÓRIA LITERÁRIA 

As atividades do curso de Doutorado estão divididas em dois componentes básicos, além da Tese: 

I) Componente Comum - no qual o aluno deverá obter minimamente 24 créditos em disciplinas. 
II) Componente específico - no qual o aluno deverá obter no mínimo 16 créditos em disciplinas relacionadas à linha de pesquisa de sua Dissertação. 
No Componente Comum, composto pelas várias disciplinas de sigla LT pertinentes às áreas de pesquisas fundamentais nos estudos literários, o aluno poderá escolher, sempre com aprovação do orientador, aquelas disciplinas de maior interesse para sua formação e trabalho de Dissertação. 
No Componente Específico, o aluno deverá escolher, sempre com aprovação do orientador, as disciplinas da série LT-Seminários de Orientação em ..., de acordo com a linha de pesquisa de seu projeto. 
Nenhuma disciplina tem pré-requisito ou requisitos paralelos. Não há, além disso, nenhuma seqüência ou seriação obrigatória por área, modalidade ou domínio. O programa e bibliografia das disciplinas serão fornecidos pelo professor. 
Poderão ser cursadas, sempre a critério do orientador, e convalidadas, a critério da SCPG-THL, disciplinas de outros programas de Pós-Graduação do IEL, externos ao IEL ou externos à Unicamp, desde que não ultrapassem o limite de 1/3 (um terço) do total de créditos do curso (i.e. dos créditos do componente comum somados aos do componente específico). Só serão convalidadas disciplinas cursadas após a matrícula no programa.

Admissão 

Para ingresso no curso é preciso que o candidato satisfaça os seguintes requisitos: 
a) ser graduado em curso superior e possuir, preferencialmente, título de Mestre; 
b) o candidato deverá demonstrar capacitação em duas (2) línguas estrangeiras dentre as seguintes: Inglês, Francês, Alemão, Italiano e Espanhol, submetendo-se às provas eliminatórias de proficiência já no processo seletivo. Caso venha a ser reprovado, o candidato será automaticamente eliminado; 
c) dispor de tempo necessário para dedicar-se aos estudos e à elaboração da Tese de Doutorado; 
d) ser aprovado em seleção feita pelo Departamento e coordenada pela SCPG-THL; 
A inscrição para o processo de seleção é feita mediante o preenchimento de formulário apropriado, que deve ser obtido através da internet: www.iel.unicamp.br

Seleção 

O candidato deverá encaminhar um projeto de pesquisa de, no máximo, 15 páginas (incluindo a bibliografia) e indicar a sua relação com um, ou mais de um , dos tópicos ou dos projetos de pesquisa do corpo docente do programa. 
Espera-se do candidato ao Doutorado que apresente domínio razoável da bibliografia referente ao tópico do seu projeto. 
O sentido geral da avaliação dos candidatos ao Doutorado será julgar a capacidade de identificar e encaminhar a discussão de questões relevantes nas áreas cobertas pelo programa. 
Período de inscrição e etapas: será publicado, anualmente pela SCPG-THL, calendário detalhado das etapas do processo seletivo. 
 
Capacitação em Língua Estrangeira 

O candidato deverá demonstrar capacitação em duas línguas estrangeiras, submetendo-se a provas de proficiência.  
 
Requisitos para Obtenção do Título de Doutor 

Créditos 

Completar pelo menos 40 créditos em atividades programadas, assim distribuídos: 
- 24 créditos em disciplinas do Componente Comum, após o ingresso no Doutorado; 
- 16 créditos em disciplinas do Componente Específico, após o ingresso no Doutorado; 
Ser aprovado em exame de qualificação para o Doutorado; 
Ter aprovada sua Tese de Doutorado.
Todas as demais exigências e mecanismos de funcionamento do Doutorado serão regidos pelo Regimento Geral dos cursos de Pós-graduação da Unicamp e pelo Regulamento do curso de Pós-graduação em Teoria e História Literária do IEL. 

Orientação 

Todo aluno regular do Doutorado terá um orientador de Tese, por ocasião de sua primeira matrícula, pertencente ao quadro docente do Departamento de Teoria Literária. O orientador deverá manifestar-se, quanto à aceitação do orientando, em documento próprio. Em caso de mudança do orientador (provisória ou definitiva), deverá haver a devida comunicação formal e imediata à SCPG-THL, tanto do desligamento quanto da nova indicação. Não será permitida a permanência no programa de alunos sem orientador. 
Cabe ao orientador, em comum acordo com o aluno, definir o tema e orientar a elaboração da Tese. 
Cabe ao orientando cumprir todas as tarefas escolares e de pesquisa que lhe forem exigidas pelo orientador. A critério deste último, inclusive, o orientando deverá realizar quaisquer atividades complementares necessárias à sua boa formação, como cursos (independentemente de créditos), colóquios, seminários etc. Sempre que solicitado pelo orientador, o aluno deverá comparecer ao IEL/Unicamp. 

Exame de Qualificação 

O Exame de Qualificação consistirá na avaliação de uma versão parcial ou total no trabalho em andamento. 
Para sua efetivação, será composta uma banca de três (3) membros, sendo um deles o orientador de Tese do candidato. Ele deverá realizar-se depois da integralização dos créditos do Componente Comum e no mínimo 6 meses antes da data prevista para a defesa da Tese. 

Defesa de Tese 

Será efetuada em sessão pública em data marcada pela SCPG-THL, a pedido do orientador, dentro das exigências regulamentares do curso de Pós-Graduação da Unicamp e deste Programa em particular. 

. Rua Sérgio Buarque de Holanda, no 571
Campinas - SP - Brasil
CEP 13083-859
Telefone: 55-19-3521.1502

...